Trolley de movimentação horizontal

post-epi-seguranca
13 fevereiro 2018 / Por: Equipe FIXO

O trolley de movimentação horizontal é um sistema inovador introduzido pela FIXO Equipamentos no mercado da construção civil.  Tem como seu objetivo principal a melhoria  da produtividade dos serviços realizados com balancins.

A movimentação dos trolleys pode ser mecânica manual com a utilização de correntes ou com acionamento elétrico através de botoeiras operadas pelo operador do balancim.

Cada trolley tem capacidade de carga de 1000 kgf com exceção dos balancins individuais, que trabalham em dupla. Um deles mais simples (trolley de arrasto), ligado ao outro (trolley propulsor) através de uma haste metálica.

Este sistema tem sido largamente utilizado nas edificações com acabamento externo em pele de vidro ou placas de esquadrias envidraçadas.

É necessário, contudo, que se tenha muita atenção aos ambientes industriais em que se trabalha, uma vez que eles tendem a ser imprevisíveis quanto ao fatores de agressão aos equipamentos presentes na atmosfera.

Por isso, para o sistema trolley de carga, ambientes corrosivos devem ser enfrentados por acabamentos compatíveis, o que pode resultar em chapas tratadas via zincagem ou cromeação.

Outro fator a ser considerado é a inacessibilidade relativa, uma vez que o trolley de movimentação horizontal trabalha suspenso e retido sobre o trilho.

O Trolley de carga pode ser mecânico servindo de suporte para balancins, viabilizando a movimentação de cargas em áreas de produção. Dimensionados de acordo com a proporção do trilho, podem atender a aplicações limitadas entre 5 kg e 5 t. Quando se trata de trolleys elétricos, além do motor dimensionado de acordo com a carga adequada, o conjunto pode exigir o uso de transmissão redutora de rotação e de alimentação de tensão, que acompanhe o trolley ao longo do percurso, bem como um sistema de comando, que além da reversão de rotação, possibilite frenagem de estacionamento.

Como é usado o Trolley na construção civil?

Embora um cabo conectado ao painel de comando do motor seja muito prático e direto, um pouco de sofisticação pode incluir um controle remoto acoplado por RF, operante em banda de frequência livre para a finalidade, equipado inclusive com comando de parada emergencial, podendo abranger não apenas um trolley único, como a ponte rolante na totalidade, o que inclui os balancins.

A motorização pode ser escolhida entre motor trifásico e motor de tensão contínua. No primeiro caso, o controle ideal consiste de inversor de frequência, e no segundo, acionamento tiristorizado.

A Norma Regulamentadora (NR 11) trata especificamente de Transporte, Movimentação e Manuseio de carga, o que inclui as pontes rolantes. Em vários parágrafos, cita a necessidade de capacitação ou treinamento no uso do equipamento.

Apesar de intuitivas, as pontes rolantes devem ser pilotadas somente por pessoa treinada, sob risco de acidentes graves e prejuízos, que podem deixar um departamento ou setor inativo durante meses. Cabe ao empregador fornecer esse treinamento, cabe ao funcionário exigi-lo, e se recusar a pilotar o equipamento sem estar qualificado para isso.

A FIXO Equipamentos disponibiliza um serviço de treinamento para os trabalhadores que irão operar os equipamentos locados e/ou comparados para determinada obra, bem como oferece os serviços de montagem e desmontagem dos mesmos. Saiba mais sobre nossos produtos e equipe clicando aqui!




© 2018 FIXO ANDAIMES E EQUIPAMENTOS PARA CONSTRUÇÃO CIVIL • (21) 2112-5744 whatsapp fixo equipamentos 99100-6358 • contato
Criação e produção Get It!